Logo Funeso

Portal do Aluno

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

 

A atual Direção Executiva da FUNESO, que passou a responder pela Instituição no final de abril de 2016, esclarece a toda a comunidade funesiana e a quem possa interessar:

 


Sobre os cursos de extensão oferecidos nos seus Núcleos:

A oferta está fundamentada em Parecer do Setor Jurídico e é de conhecimento do Conselho Curador da Instituição.

 

Sobre o uso indevido de seu nome e de seus cursos:

Os casos que chegaram ao conhecimento da atual gestão foram encaminhados ao Setor Jurídico para a tomada das providências cabíveis.

 

 Sobre a colaboração com o MEC:

No início de dezembro de 2016 recebemos uma Comissão do MEC e durante vários dias nos colocamos à total disposição da mesma, disponibilizando todos os nossos acervos e até levando os seus membros para visita a um de nossos Núcleos.

 

Sobre a inconsistência de números divulgados:

No mês de fevereiro de 2017 foi divulgada a informação de que o MEC teria apontado a existência de “fortes evidências” de que 31 diplomas irregulares teriam sido emitidos pela FUNESO e 1.313 por outra Instituição”. Na edição do JC deste dia 07 os números aparecem como sendo “1313 emitidos pela FUNESO e 35 por outra Instituição”.

 

Sobre a instalação de procedimentos administrativos:

Até o presente momento estamos aguardando abertura de procedimentos administrativos e/ou alguma intimação oficial, contendo dados concretos, para averiguação de denúncias e responsabilização a quem de direito por possíveis atos indevidos.

 

Sobre as respostas à imprensa:

Não nos negamos a prestar esclarecimentos, mas provavelmente estão sendo usados os canais anteriores, tanto que ainda estão sendo usadas imagens do Campus de Jardim Fragoso, espaço que não é mais ocupado pela Instituição desde dezembro de 2015. Além disso, foi ignorada a nota publicada no site oficial desde as 17h do dia 06 de março de 2017.

 

 

Olinda, 07 de março de 2017

A Direção Executiva