Logo Funeso

Portal do Aluno

 

CURSO EM LICENCIATURA EM LETRAS

 

 

 

O CURSO:

 

De acordo com as Diretrizes Curriculares para o Curso de Letras (Parecer CNE/CES 492/2001), a Universidade, além de produzir conhecimentos, deve também estar voltada para atender às necessidades educativas e tecnológicas da sociedade. No entanto, ela deve ser um espaço de cultura e de imaginação criativa, capaz de intervir na sociedade, transformando-a em termos éticos e sem que se torne apenas limite a ser uma instância reflexa da sociedade e do mundo do trabalho.

O estado de Pernambuco e a cidade de Olinda são ambientes culturalmente plurais, resultantes da proximidade com diversas culturas mundiais, da convivência de migrantes de todas as partes do Brasil, de povos indígenas, de diversas etnias e  falantes de diferentes línguas. Considerando que a área de Letras põe em relevo a relação dialética entre o pragmatismo da sociedade moderna e o cultivo dos valores humanistas, o Curso de Letras da FUNESO/UNESF prioriza o respeito à diversidade, dedicando-se aos estudos das línguas e de suas respectivas literaturas, visando à articulação destes conhecimentos com o global.

 

 

GRADE CURRICULAR: 

 

Matriz Curricular 2011.1

 

 

O QUE LHE RESERVA A CARREIRA:

 

 

 

O Curso de Letras, pela sua tradição no ensino superior, possui particularidades que garantem a universalização de conhecimentose culturas. Dessa forma, o campo de trabalho para os profissionais formados nesse curso aponta para caminhos diversos. A Licenciatura em Letras – habilitação em Português/Inglês e suas respectivas Literaturas - visa à formação de um profissional voltado para a atuação na área educacional, considerando que este profissional atue também em outras áreas relacionadas com a linguagem. Além da natural habilitação para o magistério, haja vista tratar-se de uma licenciatura, a formação em Letras encaminha para outras especializações, tais como: a tradução e a revisão de textos, a crítica literária, a redação jornalística, a pesquisa e a atuação em órgãos de comunicação, etc.

No que diz respeito aos âmbitos cultural e educacional, há diversos elementos que sustentam a demanda pelo Curso de Letras com habilitação em Português/Inglês,dentre os quais, a necessidade de integração cultural e comercial entre o Brasil e outros continentes; a obrigatoriedade do ensino da Língua Inglesa nas escolas de ensino Fundamental e Médio, e o interesse do mercado por profissionais qualificados que dominem a Língua Inglesa, como ferramenta de trabalho.Além disso, a necessidade de integração devida aos aspectos e mecanismos próprios da contemporaneidade, caracterizada pelo desenvolvimento tecnológico, demanda o conhecimento e o uso de linguagens cada vez mais eficientes.

 

 

PRINCIPAIS FUNÇÕES:

 

Atenta a essas preocupações na formação acadêmica, num processo de qualificação constante, a FUNESO/UNESF repensa o cotidiano escolar do aluno de Letras a partir dos quatro pilares estabelecidos pela UNESCO para a educação no século XXI. Assim, e em conformidade com as orientações apresentadas nas Diretrizes Curriculares Nacionais, o egresso do Curso de Letras deverá apresentar, entre outras características:

 

 

  • A competência para lidar, de forma crítica, com as linguagens, especialmente a verbal, nos contextos oral e escrito.

 

  • O domínio da estrutura, do funcionamento e do uso do Português e do Inglês, em suas variedades linguísticas e culturais;

 

  • O domínio dos fatos das línguas materna e estrangeira, orientando pesquisas sobre as mesmas, com aplicação de diferentes teorias;

 

  • A formação pedagógica para exercer sua atividade educacional, na escola de educação básica, tornando o Português e o Inglês, matérias atrativas, criativas e prazerosas;

 

  • O domínio de técnicas e práticas de linguagens que visem à formação de leitores competentes e críticos;

 

  • A formação teórico-prática que garanta estímulos à produção de textos nos mais diversos gêneros e tipos;

 

  • aO possibilidade de refletir teoricamente sobre a linguagem, fazendo uso de novas tecnologias;

 

  • A compreensão de sua formação profissional, como um processo contínuo, autônomo e permanente;

 

  • A competência profissional para obter de forma eficiente, contestadora e participativa, a construção dos meios, através dos quais superará os desafios;

 

  • A possibilidade de exercer o papel de multiplicador de competências linguísticas, estéticas e culturais.

 

 

Aos alunos do Curso de Letras, deverão ser oferecidos conhecimentos interdisciplinares, de modo a lhes possibilitar uma formação de profissional–cidadão, capaz de adaptar-se à dinâmica de exigente qualificação esperada pela sociedade e pauta das Diretrizes Curriculares, instituídas pela Resolução nº1, de 15 de maio de 2006, conformeos incisoscitados no Art.5º, nos quais a graduação tem um papel de formação inicial no processo de educação permanente.

 

 

PRINCIPAIS ATIVIDADES:

 

Ograduado em Letras deverá estar apto para dominar as mais diferentes formas de linguagens, embora profissionalmente ele venha a exercer apenas uma (ou algumas) delas. Além disso, o egresso do curso de Letras deve ter consciência que pode atuar em diversas atividades, afora o magistério, a saber: pesquisador, crítico literário, tradutor, intérprete, revisor de textos, roteirista, secretário, assessor cultural, escritor, entre outras. Dessa forma, está garantida a formação ampla e humanística a que se propõe o curso.

 

 

HISTÓRICO E REGULAMENTAÇÃO:

 

O Curso de Letras é um dos primeiros cursos desta IES. Ele teve início em 1972, com a criação da Faculdade Olindense de Formação de Professores – FOFOP, cuja autorização de funcionamento foi dada pelo Decreto nº 64/72 - DOU de 27/05/72. Inicialmente, era oferecida apenas a Licenciatura Curta (realizada em dois anos), nas habilitações Português/Inglês e Português/Francês, em sistema anual de matrícula. Paralelamente, eram oferecidos os cursos de Pedagogia (Administração Escolar), Ciências e Estudos Sociais.

A partir de 1983, através da Portaria nº 273, de 27/03/83 - DOU de 29/06/83, os cursos passaram a ser oferecidos como Licenciaturas Plenas (realizadas em quatro anos), nas mesmas habilitações anteriores, em sistema de períodos/semestres. E foram sendo criados outros cursos. Através do Parecer nº 785/85, o Conselho Federal de Educação / MEC aprovou o reconhecimento dos cursos da FOFOP. O reconhecimento do curso foi realizado através do Decreto de nº 79.729/85 - DOU de 03/01/86.

Com a aprovação do funcionamento da Fundação de Ensino Superior de Olinda – FUNESO e da União de Escolas Superiores da FUNESO – UNESF, através do Parecer nº 397, de 07/07/97, do CNE, e Portaria nº 944, de 15/08/97 - DOU de 18/08/97, e suas respectivas modificações pelo Parecer nº 014/97 - DOU de 06/03/98, do CNE, e Portaria nº 174 de 04/03/98 - DOU de 06/03/98, a instituição abriu novas perspectivas para a formação pessoal e profissional também na área de Letras. Entretanto, desde o ano 2000, a FUNESO deixou de oferecer a habilitação Português/Francês, passando a ter apenas a habilitação Português/Inglês.

 

 

 

DURAÇÃO:

 

O Curso de Letras tem duração de 4 (quatro) anos, em regime de matrícula semestral.

 

 

INFORMAÇÕES FINAIS:

 

Carga Horária de disciplinas de Formação Específica: 2.400 horas

Práticas Pedagógicas: 408 horas

Estágio Supervisionado: 400 horas

Atividades Acadêmicas Científicas Culturais: 200 horas

Carga Horária Geral: 3.408 horas